Arquivo do mês: fevereiro 2012

O mundo é dos babacas

Uma das coisas que eu sempre ouvi na minha vida foi: “seja um cara legal”. Independente de ter muitos amigos, ser sociável, e etc, apenas ouvi que na vida uma coisa essencial é ser legal com as pessoas. É um bom conselho, posso dizer, acho que todos devem concordar, agora, apesar de sempre ter recebido esse conselho, nunca parei para perguntar o que, exatamente, significa ser um cara legal. Digo, talvez, você se ache o cara mais legal do mundo, mas o resto das pessoas te ache um verdadeiro pé no saco.

Não é fácil ser legal, na verdade, acho que é uma das tarefas mais difíceis existentes na vida. Sempre coloquei na minha cabeça que devia fazer com que as pessoas gostassem de mim, mas nunca pensei que isso é algo praticamente impossível. Escrevendo esse texto, parei para pensar em pessoas que poderiam não gostar de mim, e seus motivos. Não vou entrar em detalhes, mas cheguei a algumas conclusões não muito animadoras.

Fazer com que todos gostem de você é algo utópico, não vai acontecer. Ninguém consegue ser 100% amado. Sempre tentei o máximo seguir o conselho que recebi, “ser um cara legal”, e sempre tive problemas com isso. Não bebo, não fumo, não costumo ir em baladas, não tenho a mínima habilidade para conversar com pessoas que não conheço muito bem, faço piadas de mal gosto, e tenho um estranho inclinamento para não levar as coisas e as pessoas a sério.

E sim, podem falar o que quiser, mas o cara legal só se ferra na vida. Faça a coisa certa, sorria para as pessoas, não seja ciumento com a sua namorada, separe aquela briga, ajude aquela velhinha com as compras do mercado, diga bom dia, seja sincero, não bata naquele idiota, perdoe, e o que você ganha com isso? Caras fechadas, pessoas te ignorando, xingamentos, um chifre da tua namorada, alguém te passando a perna, um soco na cara, e mais outras inúmeras coisas.

A realidade é dura, como já diziam. Apesar disso, contínuo tentando seguir o conselho recebido, ser um cara legal é melhor que ser um babaca, mesmo que tudo dê certo pro babaca. E se pedirem um conselho pra mim, eu direi “seja um cara legal, é bom pra consciência”.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized