E o frio é chique aonde?

Não sei se é em todo o Brasil, mas em São Paulo sempre ouvi que o frio deixa todos mais bonitos, mais elegantes. “O frio é chique”, dizem.

Pois foi então que ontem, no banheiro, fazendo o número dois com as mãos no bolso e os dentem batendo, pensei: “O frio é chique aonde?” , “O que tem de elegante nisso aqui?”. Muitos dizem que as pessoas se vestem melhor no frio, com casacos, luvas, sobretudos. É meu amigo, devo dizer que este, assim como o chupa-cabra e a felicidade às segundas-feiras, é outro mito existente. Brasileiro tem mania de querer ser europeu, tanto é que, para nós, os latinos são os venezuelanos, bolivianos, paraguaios, equatorianos… todos, menos nós, que somos europeizados. Sinto em informar, mas não somos.

Aqui, no frio, ao invés do sobretudo tipo 007, o pessoal coloca duas camisetas de manga comprida, por dentro da calça moletom, que está por baixo da calça jeans. Por cima, um suéter costurado por alguma avó desse meu Brasil; uma jaqueta jeans preta, e por cima de tudo um casaco grande, daqueles de surf. Visual que deixa qualquer um parecer que tem alguns quilos a mais do que a realidade.

Aquelas luvas de couro, do estrangeiro, do tipo que a rainha usa, são substituídas aqui, por um belo para de luvas da Hello Kitty, que podem ser adquiridas em frente a qualquer estação de metrô.

O seu Carmino, que passeia com o cão todo o dia as 16h30, precisamente, precisa colocar uma meia cinza quadricula, antes da papete azul marinho, isso pois o frio atinge principalmente seus pés.  O Juarez, da padaria, me diz “olá” com o bigode todo sujo de sopa de feijão, enquanto o carteiro da rua passa por ali normalmente, só que dessa vez, com um gorrinho da Gaviões da Fiel, para esquentar as orelhas. A Márcia da locadora me atende com o nariz mais vermelho que o do Rudolf, aquela rena do Papai Noel, e o limpa em um chumaço de papel higiênico que já está cheio de catarro. Chumaço esse, que volta e meia ela coloca no bolso, para que possa digitar alguma coisa no computador ou apertar a mão dos clientes que vem e vão, em um comprimento educado.

Enquanto isso, do outro lado do mundo, é verão, e um alemão sua em sua camisa de botões. Pensando bem, não é o frio que não é chique. Somos nós.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s