Um brinde ao acaso

Mesmo querendo a blusa azul que havia visto na vitrine há uma semana, e agora estava esgotada, Suzana se contentou em levar a verde, que era “até bonitinha”.

No dia seguinte, na festa de aniversário da Mari, ela usou a roupa nova, e, mesmo a contragosto, subiu no palco quando o vocalista da banda chamou todos vestidos de verde para acompanhá-lo em sua mais nova composição: “Eu fico verde de raiva com os corruptos do Brasil”. O Gustavo, amigo da Mari que também estava no palco, se desequilibrou e empurrou uma porção de gente para baixo, inclusive a Suzana, que quebrou a perna em dois lugares e teve que ir direto pro hospital.

A médica, Dra Inês, era uma japonesa muito baixa e super simpática. As duas conversaram por horas e ela conseguiu acalmar a Suzana, que chorava de dor. Elas até descobriram que eram praticamente vizinhas e que seus pais estavam na mesma turma de hidroginástica da ACM. Aliás, foi muito bom descobrir isso, já que a Dra Inês se disponibilizou para levar e buscar os dois, pensando em Suzana, que não poderia dirigir por um tempo.

Na terça-feira, então, como não precisava levar seu pai à hidroginástica e estava de licença do trabalho, Suzana ficou em casa, assistindo TV. Mais tarde, a Mari ligou e disse que tinha ingressos para o cinema, mas só valiam para aquele dia. Ela também disse que poderia buscar a amiga, afinal, era o mínimo que ela poderia fazer após o acidente em seu aniversário. Não que fosse culpa dela, mas a Mari é dessas pessoas que sentem peso na consciência sem precisarem.

Suzana aceitou na hora. Seria bom se distrair um pouco de todo esse stress de gesso, muletas e cartelas de remédios.

No shopping, ela se sentou em um sofá enquanto esperava a colega comprar pipoca e suco (refrigerante engorda). Um rapaz sorridente sentou-se ao seu lado. Era Marcos, que curiosamente esperava Diego, seu amigo, comprar pipoca.

7 anos depois, Marcos se casou com Mari, e Suzana se casou com Diego.

25 anos depois, o filho de Marcos e Mari, Pedro, se casou com Letícia, a filha de Suzana e Diego.

Tudo porque a blusa azul estava esgotada.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s