Acabou?

(contém spoilers)

Os primeiros dias de 2015 já foram um aviso de que a coisa seria complicada. Os ataques ao jornal francês Charlie Hebdo foram o início de um ano que prosseguiu distribuindo dúvidas. Afinal, o vestido era preto e azul ou branco e dourado?

Uma questão sem importância como essa bem que poderia ter sido a marca desses 365 dias, mas infelizmente, não foi o que se passou. Mariana se atolou em lama, refugiados morreram tentando a vida, e a gente ficou com esse enorme ponto de interrogação flutuando acima das nossas cabeças. O que está acontecendo?

Paris iniciou e terminou o ano sendo alvo de terrorismo, o que nos deixou com a amarga sensação de que nada mudou.

No Brasil, realmente, parece que vivemos uma reprise de anos anteriores. Os petralhas e coxinhas continuam seu embate a todo vapor, com novos capítulos diários. Pelo que parece, ou o Brasil vira Cuba, ou vamos matar todos os pobres e viver uma era bolsonarista. Ainda não achamos o meio termo.

A seleção, com um futebol paraguaio, foi eliminada da Copa América pelo Paraguai, e Neymar, após a partida contra a Colômbia, deixou a competição. Replay de 2014. O que não foi igual, mas que todo mundo já sabia, é que a FIFA estava mais suja que pau de galinheiro, e algumas máscaras, felizmente, começaram a cair.

Falando nisso, (estou citando o país sede da FIFA, a Suíça, e não a corrupção, longe de mim), Eduardo Cunha declarou que não possuía contas na Suíça, depois lembrou que poderia ter umazinha ou, estourando, duas. Ele também acatou o pedido de impeachment, o que nos levou a correr para o Google e pesquisar como se escrevia esse troço. Im-pi-ti-man. Ficou mais uma dúvida no ar.

Michel Temer também quis aparecer um pouco no jornal e, aproveitando a queda do Whatsapp, enviou uma cartinha para Dilma. Quando a carta vazou para a imprensa, para a surpresa geral da nação, ficamos sabendo que eles não são tão amigos e que o vice (decorativo), gostaria de brincar mais de presidência.

Outra questão que movimentou a opinião pública e gerou milhares de textos de facebook foi a tal da maioridade penal. Dezesseis ou dezoito, afinal? Prender ou educar? No fim, cada um ficou com sua resposta, como sempre.

Faltou água em São Paulo? Para uns, faltou. Para outros, claro que não. Aliás, racionamento é invenção de nossas cabeças. A polícia desceu o cacete nos estudantes que queriam estudar, afinal de contas, lugar de criança é na escola, e não na esc… Calma, me atrapalhei todo aqui. Acho que é por causa do tanto de televisão que vi esse ano, o que me confundiu inteiro.

O Jon Snow levou várias facadas e ficou deitadão de olho esbugalhado, mas logo depois apareceu no pôster da temporada nova. Aí eu fique igual ele, sem saber de nada. A Xuxa estreou um programa cover da Ellen Degeneres na Record, enquanto estava todo mundo assistindo Masterchef e achando a final um saco.

A bunda da Paola Oliveira foi um sopro de alívio em meio ao caos que 2015 proporcionou e pudemos, pelo menos uma vez, nos sentir unidos. Descobrimos “falsianes”, enchemos nossos computadores de memes do John Travolta e dançamos junto com um tubarão descoordenado carinhosamente apelidado de left shark. Corremos atrás da senhora junto com aquela repórter e gritamos: Senhora!? Senhora!? Assistimos juntos o novo filme da saga Star Wars e, vamos combinar, nos emocionamos juntos também.

O casamento igualitário foi aprovado nos Estados Unidos e as redes sociais se encheram de fotos com arco-íris. Alguns reclamaram das fotos, e outros reclamaram dos reclamões. Houve também os que reclamassem dos que reclamaram das reclamações, então foram sendo criadas inúmeras camadas e eu já não sabia do que as pessoas estavam reclamando.

Mulheres foram corajosamente se abrindo em relação aos machismos que já sofreram, e alguns homens entraram na onda também, já que ninguém resiste a um likezinho no facebook.

E então ficamos com a dúvida final. Já acabou, Jéssica? Ta quase…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s